sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Futebol: negócios e paixão

O evento de despedida do maior goleiro artilheiro da história do futebol, Rogério Ceni, do São Paulo, me levou a uma profunda reflexão sobre um aspecto do futebol brasileiro, seja como negócio, seja como paixão dos torcedores pelos seus clubes, que é a elevada rotatividade dos jogadores, mudando de clube às vezes em questão de poucos meses.

«« LOCALIZAR »»