sexta-feira, 11 de abril de 2014

O Nordeste merece!!!!

Muitas vezes, a região Nordeste do Brasil é alvo de manifestações injustificadas de intolerância e de ignorância, sendo retratada como uma parte do país que pouco contribui para seu desenvolvimento, que é formada por pessoas preguiçosas, incapazes e incultas. Essa mentalidade que alguns possuem, decorre de décadas de priorização deliberada de cunho político, social e econômico a outras regiões do Brasil.

Entretanto, apesar de toda a contribuição já dada ao país e de todas as mentes brilhantes que o Nordeste já produziu, como Castro Alves, Raul Seixas, Jorge Amado, Tobias Barreto, Artur Bispo do Rosário, Graciliano Ramos, Djavan, José Lins do Rêgo, Alceu Valença, Luiz Gonzaga, Ariano Suassuna, Celso Furtado, Câmara Cascudo, Chico Anysio, José de Alencar, Aluísio Azevedo, entre outros, o Nordeste não para de lutar por seu desenvolvimento e reconhecimento nas mais diversas áreas.

E é em busca deste reconhecimento e de certa forma, valorização de sua identidade, que foi recriada em 2013 a Copa do Nordeste de Futebol, hoje a única competição de nível regional, que confere a seu vencedor uma vaga na Copa Sul Americana, é um sucesso de público e renda no futebol brasileiro, com média de público quase três vezes maior do que o badalado campeonato carioca e quase uma vez e meia superior ao campeonato paulista. Nesta semana, o jogo final entre Ceará e Sport Recife, no estádio Castelão, em Fortaleza, com mais de 60.000 pagantes, atesta o sucesso da competição, que contribui para o planejamento e para a dimensão financeira dos clubes da região.

Com um slogan criativo, "O Nordeste merece", e uma bem elaborada estratégia de marketing que ressalta, insiste e foca na importância de que o torcedor nordestino precisa priorizar e valorizar a competição regional, o canal Esporte Interativo vem colhendo bons resultados e um retorno que justifica com sobras os investimentos até então realizados. Hoje, o chamado "Nordestão" é provavelmente a competição brasileira com a maior rentabilidade e de maior alcance em relação a seu público-alvo, exatamente por promover a identificação de que falamos há pouco.

Assim, o Nordestão, carinhosamente apelidado de Lampions League, é mais um exemplo de organização, competência e criatividade que os nordestinos dão ao resto do país, mostrando que a região tem tanta capacidade empresarial e mercado consumidor quanto as outras e que é um polo com características específicas e grande potencial de retorno financeiro a ser aproveitado por quem busca oportunidades de investimentos, fugindo do lugar comum de que apenas o "Sul Maravilha" pode remunerar quem tem recursos para investir. O Nordeste merece mais reconhecimento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

«« LOCALIZAR »»