quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Economia e você: tudo a ver!

Muitos definem Economia como sendo a “ciência da escassez” ou a ciência que estuda a alocação de recursos. E estão certos, é isso mesmo. A Economia procura, em última instância, exatamente isto, potencializar o uso dos recursos da melhor forma possível, seja através da relação consumidor-produtor, microeconômica, ou as relações macroeconômicas, que englobam os agregados econômicos (PIB, renda, importação, exportação, etc...).

David Ricardo, com sua Lei dos Rendimentos Decrescentes, na qual mantidas todas as demais condições, o aumento das quantidades de um fator de produção gera cada vez menos ganhos, até começar a ser prejudicial, ou trazer perdas à produção. Cito ainda Karl Marx, que com sua "luta de classes", também foi mais um a sempre se preocupar com os meios de produção, e consequentemente com sua alocação.

A eficiência na alocação de recursos é tão importante para a economia, que mesmo sendo “óbvia”, garantiu o Prêmio Nobel, versão 2012, para os economistas americanos Lloyd Shapley e Alvin Roth, que apresentaram estudo exatamente nesta perspectiva, demonstrando a necessidade de distribuir melhor os recursos disponíveis, não só para processos industriais, mas para todas as outras áreas da vida em sociedade, até mesmo para encontrar um par romântico!

Desta forma, o estudo mostra que a Economia não é só aquela ciência de gráficos, fórmulas complexas e exclusivamente preocupada com dinheiro, produção, consumo e investimento. A economia é uma ciência social aplicada, cujos princípios se aplicam a inúmeras situações cotidianas, ou seja, aquelas que afetam sua vida de forma mais perceptível.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

«« LOCALIZAR »»