sábado, 29 de dezembro de 2012

2013: um ano para empreender

A economia brasileira vive hoje não propriamente uma crise, mas um período de evidente estagnação, com o chamado "pibinho", apelido dado ao ridículo crescimento do PIB previsto para 2012, de 1%, que não só não cobre a inflação, ou seja, a economia em termos reais está com crescimento negativo, como também não indica que novos empregos vão ser criados, ou pior, que em alguns setores pode haver perda de postos de trabalho.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Fim da Webjet, começo das dificuldades.

Em outra ocasião, aqui mesmo no blog, abordei a importância da concorrência para o consumidor (clique aqui), por permitir escolhas de fornecedor e garantir a perspectiva de procurarmos sempre os mais eficientes ou aqueles que tem melhor atendimento. Um bom exemplo de como o consumidor pode ser prejudicado pela redução da concorrência, é a indústria da aviação brasileira, já que um dos temas que se discutiu nos últimos dias foi o fim da companhia aérea Webjet.

domingo, 25 de novembro de 2012

Errar é humano. Insistir no erro é burrice.

Existe um provérbio muito conhecido, que diz o seguinte: "Errar é humano. Insistir no erro é burrice". Uma das minhas paixões, a Fórmula 1, mais uma vez provou isto no dia de hoje. O dia em que Sebastian Vettel quebrou o recorde do inesquecível Ayrton Senna, e tornou-se o tricampeão mais jovem da história da categoria, aos 25 anos, 4 meses e 22 dias de idade.

domingo, 11 de novembro de 2012

Diário de Classe: educação e cidadania

Tenho observado, e lamentado bastante, o que vem acontecendo em relação à menina Isadora Faber, uma catarinense de 13 anos de idade, estudante da Escola Maria Tomázia Coelho, de Florianópolis, uma escola pública como tantas outras Brasil afora, e, portanto, repleta de carências e até certo ponto, de desinteresse das autoridades.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Economia e você: tudo a ver!

Muitos definem Economia como sendo a “ciência da escassez” ou a ciência que estuda a alocação de recursos. E estão certos, é isso mesmo. A Economia procura, em última instância, exatamente isto, potencializar o uso dos recursos da melhor forma possível, seja através da relação consumidor-produtor, microeconômica, ou as relações macroeconômicas, que englobam os agregados econômicos (PIB, renda, importação, exportação, etc...).

sábado, 6 de outubro de 2012

Educar para escolher

A cada dois anos ocorre no Brasil um pleito eleitoral, que desta vez será para eleger Prefeitos e Vereadores. Daqui a dois anos, elegeremos Presidente, Governadores, Senadores e Deputados Federais e Estaduais. E nestas ocasiões sempre volta à tona uma discussão importante: a obrigatoriedade do voto.

domingo, 16 de setembro de 2012

Investir em educação é evitar desperdícios.

É de impressionar a quantidade de recursos desperdiçados pelo Brasil, e falo aqui de todo tipo de recursos, inclusive humanos. Quem puder, clique aqui e veja que aproximadamente 20% dos brasileiros com idades entre 18 e 25 anos não estuda, nem trabalha, nem está procurando emprego. É um contingente de mais de 5 milhões de pessoas nesta situação. 

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

A falta de investimento e a luta de classes...

Hoje eu li uma reportagem falando sobre a ascensão dos consumidores da classe C, que agora estão conseguindo, claro que em menor proporção, consumir as mesmas marcas e serviços consumidos pelas classes A e B da população brasileira. Na mesma reportagem, são abordadas as percepções da elite a respeito dos impactos da mudança de situação.

domingo, 9 de setembro de 2012

Impostos X Crescimento: quem vai ganhar?

A redução da alíquota de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os produtos da "linha branca" (fogões, geladeiras e lavadoras de roupas) encerrou-se no último dia 31, e portanto, há a perspectiva de novo encarecimento destes produtos, hoje essenciais à vida das pessoas e já presente em milhões de cozinhas e áreas de serviços dos lares brasileiros.

domingo, 26 de agosto de 2012

A internet e a destruição criativa

A internet é mesmo uma fonte inesgotável de oportunidades, incluindo-se algumas que são inusitadas ou absolutamente inesperadas, e desta forma, muitas pessoas (principalmente jovens com menos de 25 anos), vem ganhando muito dinheiro.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

O Rio está mesmo pronto para 2016?

Os Jogos Olímpicos de Londres terminaram. Agora, a missão de dar continuidade ao espírito olímpico, até 2016, estará com o Rio de Janeiro. O contraste entre as duas cidades, ou entre os dois países, nos leva a pensar diversos aspectos de uma empreitada tão maravilhosa quanto complexa, e mais: nos leva a avaliar também se temos as condições necessárias para fazer um espetáculo não só alegre (isso está garantido), mas organizado, seguro e que permita aos melhores atletas do mundo mostrar todo seu talento e sua capacidade.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Industrializar é preciso!

Li um texto do Valor Econômico de hoje, no qual o futuro do Brasil na economia era comparado à Grécia atual (o que não é nada bom) no aspecto de ser um país com economia pautada em serviços, mas com pouca industrialização, ou seja, menos competitiva do que poderia ser. A comparação foi feita por Yoshiaki Nakano, Diretor da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

domingo, 15 de julho de 2012

Concorrência: uma benção do capitalismo

Um dos elementos mais importantes do capitalismo é a concorrência, que consiste na possibilidade de escolher os nossos fornecedores de produtos e serviços. O princípio é básico e fácil de entender: quem oferecer as melhores relações condições/preço tenderá a conseguir as maiores "fatias" de mercado e como terá mais procura poderá aumentar um pouco mais seus preços, e portanto, seus lucros. Esta é a "Lei de oferta e demanda".

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Cadê a independência?

Hoje, aqui na Bahia, comemora-se o feriado de "Independência da Bahia", ou como dizem alguns, mais conscientes, "Consolidação da Independência do Brasil", já que o 02/07/1823 (189 anos atrás), na Bahia, marcou a expulsão dos últimos portugueses que ainda combatiam na defesa do regime de dominação lusitano.

domingo, 17 de junho de 2012

Eficiência é a resposta!

O bilionário mexicano Carlos Slim, o homem mais rico do mundo, resolveu abraçar uma causa que considero (e muitos outros também consideram) fundamental para que a evolução humana e o modo de produção capitalista superem este padrão frenético, absurdo, e até certo ponto irracional que temos hoje (clique aqui). E Slim não está trazendo nada de novo, pois o pensador italiano Domenico de Masi já havia proposto a mesma coisa: uma jornada de trabalho de 3 dias por semana.

domingo, 10 de junho de 2012

É complicado votar no Brasil...

Hoje eu li uma reportagem da Veja, muito interessante, pois fez um teste com lideranças dos 13 principais partidos brasileiros, para verificar (clique aqui) se suas reais posições ideológicas sobre a economia (direita ou esquerda) e quanto às liberdades individuais (liberal ou conservador) eram de fato compatíveis com as bandeiras de suas agremiações.

sábado, 2 de junho de 2012

domingo, 20 de maio de 2012

Austeridade para todos!

A crise econômica que se instalou na União Européia traz mais uma vez uma discussão sobre como as finanças dos Estados devem ser geridas. Esta discussão é a respeito da chamada austeridade fiscal, que é o controle dos gastos do Estado, para que possa-se gastar menos do que é arrecadado e portanto, formar superávits ou sobras de recursos, que normalmente são utilizadas no pagamento das dívidas.

sábado, 28 de abril de 2012

Pensamento único: acabe com esta praga!

De certa forma, vou dar continuação a outro artigo deste blog (clique aqui), abordando uma ideia que seduz pensadores de esquerda e de direita, que se fossem realmente responsáveis, não se deixariam seduzir: é a ideia de pensamento único, ou seja, de uma forma de pensar que se sobrepõe a todas as outras sem maiores discussões e todo mundo acata, mas afinal, qual é a validade disso para a sociedade?

sexta-feira, 6 de abril de 2012

A importância da (verdadeira) responsabilidade social.

Caros,

Vivemos em uma sociedade onde é cobrado das organizações que sejam adotadas ações de responsabilidade social, ou seja, que não se pautem tão somente pelo dinheiro, mas de fato, o que é esta tão celebrada responsabilidade social? Conforme o Instituto ETHOS, responsabilidade social empresarial é "a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais que impulsionem o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais."

Bonito, não? Mas quando confrontamos a teoria com a prática, verificamos que na realidade, muito pouco é de fato feito pela responsabilidade social, e não é só no Brasil! Ainda há quem acredite que ações pontuais, como mostrar na TV que estão doando cestas básicas, são mostras de responsabilidade social, e não são. Podem ser ações de marketing, de propaganda, mas não são responsabilidade social. Se fazer de "bonzinho" não é responsabilidade social! Responsabilidade social é algo muito mais amplo, muito mais complexo, e que requer respeito pelas demandas dos empregados, dos clientes, dos acionistas, do estado, do meio ambiente, etc... 

Em todo o mundo existe gente capaz de vender até a própria mãe para ganhar dinheiro e organizações gananciosas e inescrupulosas, ou seja, sem nenhum senso de responsabilidade social. Um ótimo exemplo deste tipo de pessoa chama-se Bernie Ecclestone, o inglês que é dono dos direitos comerciais da F-1, e que insiste na realização do GP do Bahrein de 2012 (e insistia também em 2011), mesmo sob a forte crise política do local, que já resulta inclusive em protestos violentos, com mortes. 

Um dos argumentos dos que acham que o GP deve ser cancelado é o de que realizá-lo é uma forma de legitimar as ações do governo local, e que esta legitimação poderá acirrar os protestos e por consequência a repressão, provocando ainda mais mortes. Este me parece um argumento suficientemente bom para tomar uma decisão deste tipo, a não ser que o decisor esteja apenas querendo encher os bolsos e inflar seu próprio ego, o que é exatamente o caso do Bernie.

Sou amplamente favorável ao modo capitalista de produção, mas é impossível defender a figura do empreendedor ou empresário, quando ele age sem escrúpulos e sem responsabilidade social, chegando ao extremo de por vidas em risco em nome do dinheiro e do glamour.

Feliz Páscoa e muita paz a todos!!!!!

quarta-feira, 14 de março de 2012

Ética x competência: juntos ou separados? (parte II)

Um dos fatos mais relevantes da semana foi a renúncia de Ricardo Teixeira à Presidência da CBF, após 23 anos à frente da entidade. Aos 64 anos, sofrendo de diverticulite, finalmente o contestado dirigente deixa a instituição sob uma chuva de acusações e sob perda de prestígio nos meios políticos e futebolísticos, especialmente retratada na diferença de tratamento dado pelo Governo Lula e pelo Governo Dilma.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Copa 2014 e bebidas alcoólicas: pode ou não pode?

Hoje eu tive a oportunidade de ouvir uma discussão em um programa da Rádio Metrópole, de Salvador, a respeito da possibilidade de ser permitida a comercialização de bebidas alcoólicas nos estádios brasileiros durante a Copa do Mundo FIFA 2014. A apresentadora e seu convidado, um promotor, posicionados claramente contra esta possibilidade, apresentaram diversos motivos, inclusive números, para justificar sua posição.

Eu penso que apesar de todo o bom mocismo, as razões para proibir o consumo de bebidas nos estádios, ao menos durante a Copa, são muito mais econômicas e de conflito de interesses do que quaisquer outras existentes. Houve questionamentos inclusive ao modelo estabelecido pela FIFA, que prevê, para qualquer país que deseje realizar a Copa, a permissão para comercialização e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios. O que é óbvio, uma vez que os principais patrocinadores são cervejarias.

A apresentadora e o convidado falaram que o Brasil é soberano e que a FIFA não pode dizer ao nosso governo o que fazer, e eu concordo, mas se pudesse, lembraria aos dois que a FIFA é independente e não é obrigada a realizar a Copa em um país que não queira seu modelo, podendo, portanto, desistir do Brasil e voltar à Alemanha ou aos Estados Unidos, que atenderão todos os requisitos de muito bom grado.

Como motivos para a proibição, apresentaram números que mostram a queda no número de ocorrências em jogos de futebol, o que me motivou a pensar então que poderia-se estender tal proibição, por exemplo, ao Carnaval. Ou será que não interessaria, pois os patrocinadores do Carnaval são cervejarias nacionais? Talvez ligadas a políticos e outras autoridades. Ninguém nunca sequer ousou pensar em proibir as bebidas no Carnaval, mesmo com os altos índices de violência registrados (e principalmente não-registrados).

A alegação respalda-se ainda na rivalidade entre as torcidas, que inflamada pela bebida, resultaria em batalhas campais que a polícia não consegue controlar. Entretanto, foi admitido como normal a prática de alguns cinemas de oferecer vinhos, espumantes e outras bebidas, já que ali não há rivalidade. Ora, então o problema não é o álcool, mas sim a rivalidade. Não me assustarei se propuserem acabar com o futebol no Brasil.

O mais interessante de tudo é que nem a apresentadora, nem seu convidado, abordaram a falta de educação das pessoas. Apesar do convidado ter dito que não, mas duvido que não se venda cerveja nos estádios ingleses e alemães. Nos EUA, os filmes mostram as pessoas bebendo durante jogos de hóquei e nem por isso há carnificinas. É mais fácil varrer para debaixo do tapete as reais causas do problema e agir como um censor, criando um monte de leis, cerceando a liberdade das pessoas cada vez mais, generalizando todos os comportamentos e pré-concebendo que todos são marginais em potencial.

Este excesso de leis que não servem pra nada e de politicamente correto aborrece qualquer um e serve para o estado esconder sua incompetência e jogar toda a responsabilidade sobre a sociedade que o mantém.

Até mais,

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Educação e desenvolvimento econômico: tudo a ver...

Ouvi uma entrevista da BandNews FM com Leonardo Trevisan, professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) sobre aspectos que explicam as mudanças na economia brasileira desde 1994 e os desafios existentes, principalmente aqueles dos quais o país parece fugir, conforme as palavras do Professor Trevisan, "como o diabo foge da cruz".

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Planejar vale a pena!

Vamos agora variar de tema, deixar de lado a política e as coisas que a envolvem, e abordar um elemento fundamental das atividades humanas, inclusive as empresariais: trata-se do planejamento, que apesar de ser tão importante, é meio desvalorizado em algumas empresas, mas é importante para a maioria.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

A morte da ideologia...

Outro dia estava lendo um texto publicado na Revista Época, que apresentava a "morte" do pensamento de direita, pelo menos no Brasil. O texto abordava a chegada do PT ao poder e mostrava as alianças feitas com antigos inimigos, normalmente apresentados como sendo de direita (Sarney, Collor e outros).  

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Danem-se os seus direitos...

Defender seus interesses individuais acima de quaisquer outros e defender seus interesses individuais sem medir as consequências. Estes são os "princípios" que norteiam nossa sociedade atualmente e que se refletem nas mais diversas manifestações. Aqui na Bahia, a Polícia Militar encontra-se parcialmente paralisada,

domingo, 22 de janeiro de 2012

A estatística e a tortura dos números

Quem puder ou quiser, poderá fazer um teste disponível no site da Folha de São Paulo (clique aqui), para verificar a qual classe social pertence. Ao fazer este teste, sinceramente, me surpreendi muito, porque os resultados são totalmente fora do que eu poderia supor, muito diferentes mesmo. Lembrei até de uma frase famosa

sábado, 14 de janeiro de 2012

Onde anda o profissionalismo?

Hoje tive mais uma vez, a certeza de que o futebol brasileiro é gerido, na maioria, por dirigentes amadores sem preparo suficiente para os desafios com que vão lidar no cotidiano dos seus clubes. Li em alguns sites, que o treinador Felipão, do Palmeiras,

domingo, 8 de janeiro de 2012

Uma importante mensagem para todos...

Resolvi trazer uma mensagem que li hoje, no blog Mulher 7 X 7, do site da Revista Época. Quem postou foi a jornalista Letícia Sorg (clique aqui). É a mensagem que um pai, que na iminência de sua morte, deixou para seus filhos. Este pai já se foi, há pouco mais de dois anos. 

Segue abaixo a mensagem:

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A "armadilha" do Imposto de Renda em 2012

Neste início de ano, uma das principais notícias foi a da elevação anual, em 4,5%, dos valores que definem as faixas de cobrança do imposto de renda das pessoas físicas. O valor para que o contribuinte seja considerado isento passou de R$ 1.499,15 mensais para R$ 1.637,11 mensais. Este reajuste anual de 4,5% já está definido até o ano de 2014 (saiba mais).

domingo, 1 de janeiro de 2012

Não perca tempo em 2012!

Feliz 2012, meus amigos!!!!! Que vocês tenham um ano de muita saúde, paz, prosperidade, sucesso e fartura! Como o Réveillon é uma festa ligada ao tempo, pois comemoramos o fim de um ano e o começo de outro ano, nada melhor do que começarmos o ano falando de tempo,

«« LOCALIZAR »»