sábado, 10 de dezembro de 2011

Teorias conspiratórias: você acredita?

Amigos,

Hoje eu quero falar de um tema que eu gosto muito: as teorias conspiratórias, que normalmente atribuem a ocorrência de determinados fatos a "planos secretos" com intenções diabólicas, elaborados pelos governos, sociedades secretas ou outros possíveis interessados e beneficiados.
Me divirto horrores quando as leio e existem montes delas, sobre os mais diversos assuntos, algumas muito interessantes e outras tantas sem graça. Abaixo vão algumas das minhas preferidas:

- Falso Paul McCartney: (clique aqui) o "verdadeiro" Paul McCartney teria morrido em um acidente de carro, em 1966. Para não perder o estupendo sucesso dos Beatles, um "sósia" teria sido colocado em seu lugar e contrariados, os demais Beatles teriam deixado mensagens a respeito nas capas de seus discos;

- John Lennon assassinado a mando da CIA: (clique aqui) Mark Chapman, o assassino de Lennon, em 1980, não era um fã lunático, mas sim um lunático agindo a mando da CIA, FBI e da extrema-direita, contra o subversivo ex-Beatle, que poderia insurgir a juventude americana contra o governo Reagan que estava para começar dali a um mês;

- As backwards messages (mensagens subliminares), nas músicas de diversos artistas: (clique aqui) Quem nunca pensou em ouvir uma música ao contrário para achar alguma mensagem secreta? Muita gente fez, algumas mensagens de fato surgiram e outras são objeto de muita polêmica.

Outros fatos também são objeto de teorias conspiratórias, como: atentados do 11 de Setembro, morte de Osama Bin Laden, morte de Ayrton Senna, morte de Kurt Cobain (Nirvana) e tantos outros mais.

Além da óbvia diversão, vejo outro valor nas teorias conspiratórias, que é o de nos fazer de alguma forma refletir mais profundamente sobre os fatos e de nos fazer duvidar do que está amplamente divulgado como certeza. Até certo ponto, conceber ou tentar comprovar teorias conspiratórias, duvidando do que não está 100% comprovado (ou até do que está 100% provado) é uma prática da filosofia (que os filósofos me perdoem se eu estiver falando besteira).

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

«« LOCALIZAR »»