domingo, 8 de maio de 2011

Franquia: um modelo de desenvolvimento econômico

Olá, pessoal!

Um advento bastante interessante no capitalismo, foi o do conceito de franquias, que de acordo com a Wikipedia, são sistemas em que há "venda de licença, onde o franqueador (detentor da marca) cede ao franqueado (autorizado a explorar a marca) o direito de
uso da sua marca ou patente, infraestrutura, know-how e direito de distribuição exclusiva ou semi-exclusiva de produtos ou serviços. O franqueado, por sua vez, investe e trabalha na franquia e paga parte do faturamento ao franqueador sob a forma de royalties."

No Brasil, está havendo uma proliferação de novos franqueadores e de empresários que desejam ou adquirem franquias, conforme artigo do site Empreendedor On Line (clique aqui), o que particularmente acho muito bom, porque se trata da disseminação de um modelo de negócios que é bom para o franqueador, que expande sua marca com recursos de terceiros (franqueados), mitigando os riscos desta expansão, e é bom também para os franqueados, que aproveitam a expertise da franquia, aumentando a probabilidade de sucesso do empreendimento.

Nosso país está mesmo precisando de empreendedorismo, de inovações, e na falta dele, do aproveitamento daquilo que já está dando certo, o que evidentemente é o caso do modelo de franquias. Além disto, estão surgindo franquias e marcas gnuinamente nacionais (inclusive nordestinas), o que fortalece a economia brasileira mais ainda do que a simples chegada de franquias estrangeiras. Isto sim, é de fato tornar o Brasil um país mais rico.

Abraços a todos e até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

«« LOCALIZAR »»