segunda-feira, 18 de abril de 2011

Protestar é um ato inteligente?

Olá, meus amigos!!!

Hoje fiquei sabendo de um fato que me motivou a escrever este artigo, e é relacionado a uma forma de protesto que achei bastante inteligente e vamos descrever mais à frente, mas comecemos discutindo um pouco sobre protestos de forma geral. O que é um protesto?
Segundo a definição encontrada na wikipedia (clique aqui) é "uma reação solitária ou em grupo, de caráter público, contra ou a favor de determinado evento", ou seja, tem o objetivo de influenciar os rumos de decisões em sentido contrário aos originalmente adotados.

Os "especialistas" em protestos tentam nos convencer que protesto bom é protesto violento, por exemplo, se a causa é o aumento das passagens de ônibus em uma capital, é preciso parar o trânsito, impedir todos de circular e quebrar os vidros dos ônibus, além de incendiá-los (é possível que alguns ainda prefiram que o incêndio seja com os passageiros dentro).

Mas vale a pena questionar: Esta forma de protestos é inteligente? Esta forma de protestar angaria a simpatia da sociedade? Ajuda a causa a ganhar força e alcançar seus objetivos? A resposta é:  Não, não e não! E o motivo é um só: os responsáveis pelas decisões que desagradam não são atingidos pelos protestos, os atingidos são os "inocentes". Isso não é nem um pouco estratégico...

Agora, analisemos o protesto que motivou este artigo. Trata-se de um protesto que vem sendo realizado periodicamente em Natal-RN, contra o aumento dos preços dos combustíveis, (clique aqui) que consiste em reunir (para isto também servem as redes sociais) o maior número de possível de veículos em uma determinada data e horário, em um determinado posto. Todos abastecem quantias irrisórias (R$ 0,10, R$ 0,50, etc...) no cartão de crédito e pedem testes de gasolina e notas fiscais. O que acontece com isso? O posto perde tempo abastecendo valores mínimos, fazendo testes (obrigatórios) e emitindo notas, enquanto poderiam abastecer valores mais altos, fora o prejuízo financeiro. Isto sim é que é inteligência!

Eu confesso que estou fascinado com este exemplo e torço muito que iniciativa similar seja realizada aqui em Salvador, para que eu possa abastecer com R$ 0,05, no cartão de crédito, pedindo testes e nota fiscal. E mais ainda, torço também que mais gente se mobilize desta maneira, para que os resultados esperados sejam alcançados.

Abraços a todos e até a próxima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

«« LOCALIZAR »»